* SUBSECRETARIA DE RECEITA MUNICIPAL *
receita.contagem.mg.gov.br
 

INFORMATIVOS


CONTAGEM AVANÇA NA GESTÃO INTELIGENTE DO ISSQN
Uma das etapas desse trabalho incluiu a capacitação de contribuintes prestadores de serviços

Publicado em 10.05.2018

A partir de junho Contagem passa a contar com um novo sistema de gestão do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), mais inteligente, prático e com processos totalmente integrados, garantindo maior confiabilidade e segurança dos dados. A proposta é facilitar a vida dos contribuintes na maneira de emitir a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e) e permitir à Prefeitura um monitoramento em tempo real de informações fiscais estratégicas ao município.

A iniciativa, que faz parte das ações de modernização da administração tributária da Secretaria Municipal de Fazenda, teve uma de suas etapas concluídas nesta quarta-feira (9) com a capacitação de contadores sobre as funcionalidades do sistema, que além da emissão da NFS-e com novas funcionalidades, permitirá a emissão da NFS-E por dispositivos móveis (tablets e celulares), o que garante praticidade, viabilizando a modernização de pequenas e médias empresas.

A mudança de sistema é realizada pensando em beneficiar tanto a administração municipal, quanto aos contribuintes, com resultados mais eficientes, somado à organização no recolhimento do tributo. Dentre outros diferenciais está a utilização de informações de diferentes fontes, excluindo qualquer margem de erro. A ferramenta proporciona ainda mais de 300 relatórios com indicadores, e integra-se automaticamente com o Livro Eletrônico, trazendo dados cadastrais do prestador de serviços.

Atualmente Contagem tem como maior fonte de receita o Imposto sobre Circulação de Mercadoria (ICMS). Ocupa a terceira posição, o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), que no ano passado, injetou nos cofres do município o montante de 126 milhões de reais. A expectativa, com a implantação do sistema de gestão inteligente do Imposto, é dar um salto de 180 milhões na arrecadação em 2019.

O secretário de Fazenda, Gilberto Silva Ramos, explica que um dos desafios para ampliar a arrecadação já está sendo superado com esse novo sistema de gestão.  ?Com novas ferramentas, os fiscais serão mais analistas, pois terão acesso à inteligência do cruzamento de dados. Estamos colocando Contagem no mesmo nível das grandes cidades?, afirma.  

A gestão inteligente do ISSQN é apenas uma das vertentes dessa modernização da administração tributária. Segundo o secretário, o recadastramento imobiliário é outro avanço que permitirá, por meio de um novo mapa cartográfico, traçar, de forma mais assertiva, o planejamento urbano da cidade para garantir serviços de melhor qualidade à população e uma cobrança justa do IPTU.

 

 



Leia também:

» Programação do recadastramento imobiliário de 20 a 24 de janeiro de 2020 (20.01.2020)

» Prefeitura informa o Lançamento da Taxa de Fiscalização de Engenhos de Publicidade - TFEP 2019 (08.11.2019)

» A Secretaria de Fazenda simplifica os processos de Baixa de Inscrição municipal de contribuintes (26.08.2019)


Retornar